Promotora exige que coronel Dias seja julgado pela justiça comum

QUARTA-FEIRA, 28 DE NOVEMBRO DE 2012

A promotora parece que percebeu o corporativismo entre os coronéis. Agora está exigindo que o coronel Dias seja julgado pela Justiça Comum. 

Coronel Dias Comandante do Corpo de Bombeiros

A promotora Maria da Conceição Silva Santiago quer que o Comandante do Corpo de Bombeiros do Amazonas(CBAM), coronel Antônio Dias seja julgado pela justiça comum e não pela militar, conforme foi sugerido pela corregedoria de Polícia. “É cristalino que o bombeiro militar passou a abusar do poder que lhe fora confiado, quando determinou a prisão e a revista intima nos candidatos Walax Souza, André dos Santos e Silvio Souza”, diz a promotora.  A sindicância da corregedoria da Polícia apurou que houve excesso do comandante na abordagem dos concurseiros:  Walax Souza, Andre dos Santos e Silvio Souza – obrigados a ficarem nus e agachados – mas a recomendação feita pelo secretário de Segurança da época, foi apenas que fosse aberto um procedimento administrativo disciplinar contra o militar, que não prosperou.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s