Militares reúnem na Associação dos Cabos e Soldados e cobram posição urgente da Comissão nomeada pelo governador Omar

SEGUNDA-FEIRA, 06 DE FEVEIRO DE 2012

As seguidas greves de policiais militares que estão “pipocando” em diversos estados brasileiros, pode ter motivado os militares amazonenses a demonstrar sua insatisfação com o baixo salário pago pelo governo. A Associação dos Cabos e Soldados possui hoje, mais de 4 mil sócios. 

Dep. Cabo Maciel destaca a boa vontade do governador em conversar com os militares

A demora por parte da Comissão de Negociação nomeada pelo Governo para apresentar uma resposta aos presidentes das Entidades de Classe dos Policiais e Bombeiros Militares sobre a Lei de Subsídio deixou o clima tenso na tarde de ontem, (05) na sede do Clube dos Cabos, Soldados e Bombeiros Militares do Amazonas (ACSBMAM). No desabafo, ao se pronunciarem eles deixaram claro que estão cansados de trabalhar sob promessas das mais diversas, inclusive lembraram o 14º. Salário, quando na verdade eles não vêem recebendo nem fardamento e na maioria das vezes são obrigados a empurrar viaturas velhas e com pneus “carecas”. O clima de revolta demonstrado ontem, por alguns militares deixou claro que o Programa “Ronda nos Bairros” do governador Omar Aziz poderá ser prejudicado. 

A ACSPMAM  parou algumas horas

Participaram do encontro com os policiais descontentes o presidente da ACSPMBM-AM, Deputado Cabo Maciel; presidente do Clube dos Oficiais, Cel. Fábio Pacheco e o Presidente da Associação dos Sargentos, Sub-Tenentes e Bombeiros Militares do Amazonas, Francisco Pereira da Silva “Pereirinha”. 

Cel. Pacheco diz que oficialato está  insatisfeito

Lembraram os associados da Associação dos Cabos e Soldados que a Comissão de Negociação nomeada pelo governador Omar Aziz vem “dando barrigada”, antes do Natal do ano passado, remarcando por diversas vezes a reunião, mas já está chegando o Carnaval e não se tem uma resposta, disseram. Depois do encontro da Comissão do Governo com os presidentes das entidades militares que foi marcada para esta segunda-feira dia (06), os líderes do movimento irão convocar uma Assembleia Geral para apresentar aprovação do percentual a ser oferecido pelo governo para a categoria.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s